8º BPM divulga redução de crimes na região em julho

0

Os dados com índices criminais foram comparados em relação ao mesmo período de 2019.

O Comando do 8º Batalhão de Polícia Militar de Campos divulgou nesta segunda-feira (3) dados que comprovam redução de crimes praticados no mês de julho deste ano em relação ao mesmo período de 2019. Foram listados 12 tipos de crimes notificados pela PM no Estado do Rio de Janeiro. Em todas as categorias, houve diminuição na área do 8º BPM que cobre também os municípios de São João da Barra, São Fidélis e São Francisco de Itabapoana.

De acordo com o 8º BPM, a redução dos índices criminais foi computada pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (ISP). As razões que contribuíram para a redução das ações criminais não foram divulgadas.

Quartel do 8º BPM que cobre quatro municípios na região (Foto:Carlos Grevi)

Redução Crimes na área do 8º BPM em 2020 comparada com 2019

Crime violento letal intencional

15 (2019)

8 (2020)

Roubo de Veículo

10 (2019)

7 (2020)

Roubo de rua

90 (2019)

35 (2020)

Roubo de carga

3 (2019)

0 (2020)

Redução em índices percentuais

Crime violento letal intencional – 47%

Roubo de rua – 61%

Roubo de Veículo – 30%

Roubo de carga – 100%

Roubo a transeunte – 64%

Roubo em coletivo – 50%

Estupro – 56%

Roubo a estabelecimento comercial – 33%

Furto de veículos – 47%

Furto a transeunte – 46%

Furto de bicicleta – 88%

Roubo de aparelho celular – 71%

Policiais do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/ Nelson Perez / Arquivo)

Avaliação semestral do ISP no Estado do Rio de Janeiro

Indicadores estratégicos

Crimes violentos letais intencionais (homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte): 1.953 vítimas nos seis primeiros meses de 2020 e 260 em junho – foi o menor valor para o primeiro semestre e para o mês desde 1999. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 10,2% em relação ao primeiro semestre do ano e de 14% em relação a junho.

Homicídio doloso: 1.898 vítimas nos seis primeiros meses de 2020 e 256 em junho – esses valores representam o menor para o acumulado e para o mês desde 1991. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 9% em relação ao primeiro semestre do ano e de 23% em relação a junho.

Roubo seguido de morte (latrocínio): 40 vítimas nos seis primeiros meses de 2020 e duas em junho – esses valores representam o menor para o acumulado e para o mês desde 1991. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou 28 mortes a menos em relação ao primeiro semestre do ano e seis a menos em relação a junho.

Morte por intervenção de agente do Estado: 775 mortes nos seis primeiros meses de 2020 e 34 em junho. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou redução de 12% em relação ao primeiro semestre do ano e redução de 78% em relação a junho.

Roubo de carga: 2.556 casos nos seis primeiros meses de 2020 e 404 em junho. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 36% em relação ao primeiro semestre do ano e de 33% em relação a junho.

Roubo de veículo: 13.797 ocorrências nos seis primeiros meses de 2020 e 1.744 em junho. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 36% em relação ao primeiro semestre do ano e de 44% em relação a junho.

Roubo de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo): 37.763 registros nos seis primeiros meses de 2020 e 4.385 em junho. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 42% em relação ao primeiro semestre do ano e de 54% em relação a junho. Fonte: Terceira Via

Campartilhe.

Comentários desativados.