Chega ao fim a greve dos médicos da Prefeitura de Campos dos Goytacazes, RJ

0


Atendimento retorna na segunda nas UBSs, HGG e São José

Chegou ao fim, na noite desta sexta-feira (30/08), a greve dos servidores da saúde de Campos. O encerramento do movimento, que durou 24 dias, foi definido por unanimidade em assembleia extraordinária da categoria, realizada na Faculdade de Medicina de Campos (FMC). O atendimento à população será normalizado, a partir da próxima segunda-feira (02/09), nos hospitais municipais Ferreira Machado e Geral de Guarus, e também nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).


De acordo com o presidente do Simec, José Roberto Crespo, o encerramento da paralização representa um voto de confiança da categoria nos compromissos firmados por representantes do governo municipal, em reunião realizada na última quinta-feira (29), na sede da Prefeitura.


“O prefeito demonstrou sensibilidade em face das causas da saúde no município, e reconheceu a relevância do movimento de nossa categoria. Necessitamos de melhores condições de trabalho nas unidades ede garantias de um exercício digno de nossas atividades. A greve cumpriu o seu papel, e confiamos que as promessas serão cumpridas. Voltaremos aos nossos postos, e continuaremos a monitorar o às unidades de saúde. Em caso de descumprimento das etapas firmadas, nos reuniremos novamente em assembleia e, se preciso for, desencadearemos um novo movimento”, declarou José Roberto.

Após a assembleia, o secretário de saúde Abdu Neme destacou o diálogo e o respeito entre o governo municipal e a classe desde o início das negociações. Na quinta-feira (29), o secretário recebeu a contraproposta dos profissionais da saúde e na sequência marcou uma reunião com o prefeito, quando acertaram os detalhes para a proposta ser levada a votação. 


“ Tivemos uma reunião onde discutimos as demandas e, com bom senso de todos, chegamos a uma posição para que a população não seja prejudicada. Vale destacar o respeito mútuo de todos que participaram da negociação e agradeço aos profissionais da saúde e ao prefeito Rafael Diniz, por causa da manutenção do diálogo” disse Abdu Neme.


Como resultado da reunião de quinta-feira, entre os pontos que serão atendidos, estão: abono das faltas da greve com reposição, regularização do pagamento (a folha salarial foi paga nesta sexta-feira), pagamento dos 50% restantes das gratificações e substituições com possibilidade para pagamento na próxima Participação Especial e manutenção de férias sem custo para o Município, com análises pontuais. Além disso, também ficou acordada a conjugação de produção com ponto biométrico para aqueles profissionais que atuam em ambulatórios. 
Melhorias na área da saúde

. Desde a última semana, Abdu Neme transferiu o seu gabinete para o HFM para acompanhar mais de perto as intervenções necessárias. 


No Hospital Geral de Guarus (HGG), intervenções pontuais foram realizadas e outras estão previstas, incluindo a reforma total do telhado. Além disso, unidades de saúde do município receberam equipamentos médicos novos e 10 novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) serão entregues nos próximos meses. Fonte: Ascom/ Supcom

Campartilhe.

Comentários desativados.