Concurso Conceição de Macabu-RJ: sai edital com 292 vagas

0


Os cargos de todos os níveis de escolaridade para várias áreas de atuação

Prefeitura de Conceição de Macabu, no Rio de Janeiro, realiza concurso público com 292 vagas em todos os níveis de escolaridade.

Foi publicado no final da tarde de segunda-feira, 16, o edital do concurso para Conceição de Macabu, no Rio de Janeiro. Como adiantado, serão concorridas 292 vagas distribuídas entre os quadros da prefeitura, da Câmara municipal e do Ipascon.

As oportunidades abrangem cargos de todos os níveis de escolaridade para várias áreas de atuação. Os selecionados serão contratados pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade.

Para o Ipascon – Instituto de Previdência – são ofertadas três vagas: uma de auxiliar administrativo (nível fundamental), uma de servente (nível fundamental) e uma de agente administrativo (nível médio). Os vencimentos são de R$1.010 para os cargos de nível fundamental e de R$1.190 para os de nível médio.

Para a Câmara Municipal são ofertadas cinco vagas, sendo quatro de auxiliar (nível médio) e uma de auxiliar de serviços gerais (nível fundamental). Os vencimentos são de R$1.136,25 e R$1.010, respectivamente, podendo aumentar ainda com vale-alimentação, de R$200, e a gratificação por assiduidade.

As demais 284 vagas são para a prefeitura e contemplam todos os níveis de escolaridade nas áreas de Saúde, Educação, Administrativa e outras. 


Os iniciais vão de R$1.010 a R$5.135, podendo chegar, de acordo com a prefeitura, a R$7 mil. Dentre os cargos estão professor (várias especialidades), médico (várias especialidades), motorista, almoxarife, guarda municipal, procurador e outros. 


Além das 292 vagas, o concurso Conceição de Macabu-RJ também vai formar cadastro de reserva, de modo que mais pessoas aprovadas além da oferta inicial poderão ser convocadas durante a validade da seleção. O prazo será de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez por mais dois. 

Prazo para inscrições no concurso abrem na sexta-feira, 20

Os interessados em concorrer a uma das vagas do concurso Conceição de Macabu-RJ poderão se inscrever no período de 20 de dezembro a 8 de janeiro de 2020. Os cadastros serão aceitos no site da Gualimp, organizadora.

Para confirmar a participação será preciso pagar uma taxa, cujos valores variam de acordo com o nível de escolaridade do cargo: R$50 para nível fundamental; R$70 para níveis médio e técnico, além de cargos do magistério; e R$120 para o nível superior. 


O pagamento do boleto bancário poderá ser efetuado em qualquer estabelecimento bancário, ou via internet, até o dia 10 de janeiro. O candidato poderá emitir a 2ª via de seu boleto somente até esta mesma data. 

As inscrições não pagas até a data prevista em edital serão automaticamente canceladas. Pessoas de baixa renda poderão pedir isenção da taxa, devendo estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). 


Os pedidos de isenção serão aceitos no período de 20 a 24 de dezembro no site da banca, sendo permitido fazer a solicitação para apenas um cargo.

Aqueles que realizarem pedido de isenção para mais de uma vaga terão todos eles indeferidos. 


O comprovante definitivo de inscrição, com informações sobre dia, horário e o local das provas objetivas estará à disposição para impressão no site da banca a partir de 20 de fevereiro de 2020. 

Concurso Conceição de Macabu-RJ terá três etapas

O concurso para a Prefeitura, a Câmara e o Ipascon de Conceição de Macabu-RJ será composto por três etapas de avaliação:

1. prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos;

2. prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para procurador;
prova prática, de caráter eliminatório e classificatório, para motorista, operador de máquinas e trabalhador braçal;
teste de aptidão física, de caráter eliminatório e classificatório, para guarda municipal, agente de combate a endemias, agente comunitário de saúde e agente de defesa civil;

3. análise de títulos, de caráter classificatório, exclusivamente para os cargos do magistério e para o de procurador.


As provas objetiva e discursiva serão aplicadas no mesmo dia e estão marcadas para 1º de março. A duração será de quatro horas para os candidatos a procurador e três horas para os demais.

Na objetiva serão 40 questões de múltipla escolha valendo de 0 a 100 pontos. Será considerado habilitado quem obtiver a pontuação igual ou superior a 50% do total. Os demais serão eliminados. 

As disciplinas variam de acordo com o cargo, podendo abranger Língua Portuguesa, Matemática, Noções Básicas de Informática, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. Já a prova discursiva será composta por uma peça prático-profissional que poderá ser uma petição ou um parecer, observado os conteúdos programáticos especificados em edital.

Essa etapa valerá até 100 pontos, sendo considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50.
Todos os candidatos a procurador serão submetidos à prova discursiva. Porém, somente os 40 primeiros mais bem classificados na objetiva terão sua prova discursiva corrigida.

As provas práticas e o teste de aptidão física (TAF) têm data prevista para o dia 19 de abril. Já os documentos para análise de títulos deverão ser apresentados no período de 5 a 12 de maio, conforme as normas do edital.

Fonte: Folha Dirigida

Campartilhe.

Comentários desativados.