Ex-companheiro de professora morta em academia se entrega na delegacia de Itaperuna

0

Paulo Rangel, o assassino da professora Regiane da Silva Santos, se entregou à polícia na madrugada desta sexta, em Itaperuna, cidade do Noroeste Fluminense a 100km de Campos dos Goytacazes onde o crime foi praticado.

Ao se apresentar na 143ªDP acompanhado de um advogado, Rangel, de 55 anos, ex-marido da vítima, confessou o crime.


De acordo com o delegado Sérgio Santana, da 143ªDP, o criminoso será encaminhado para o presídio Diomedes Vinhosa Muniz, em Itaperuna. 

Regiane, 35 anos, foi morta por Rangel enquanto caminhava pelas ruas de Travessão, distrito de Campos. Baleada uma vez nas costas, a mulher se refugiou numa academia, sendo perseguida pelo ex-marido, que descarregou a arma sobre ela na sequência.

Os dois estavam separados havia dois meses. Regiane deixa três filhas. 

Contra Rangel havia três medidas restritivas, a mais recente de maio deste ano. Segundo a Polícia Civil, Regiane havia solicitado proteção policial à 148ªDP, em Italva, pequena cidade entre Campos e Itaperuna. A professora deu queixa, na ocasião, de ameaça, lesão corporal e injúria contra o ex-marido. Fonte: O Dia

Campartilhe.

Deixe Um Comentário