Goytacaz supera o Serrano no Aryzão: 2 a 0

0

O Goytacaz teve tranquilidade de sobra para passar pelo Serrano, na tarde deste sábado (10), no Aryzão, pela segunda rodada da Taça Corcovado. O placar final, assinalado em 2 a 0, foi inaugurado por Peterson e arrematado por Joelzinho, ambos na segunda etapa. Com este resultado, o Alvianil subiu para a sexta posição do Grupo A, onde soma três pontos. Já o Serrano, é apenas o lanterna do Grupo B.


O Goytacaz volta a campo no próximo domingo (18), quando enfrenta o Campos, no Ferreirão, às 15h. No mesmo dia e horário, o Serrano recebe o Audax, no Atílio Marotti. 


Goytacaz domina, cria chances, mas placar fica zerado

O Goytacaz iniciou a primeira etapa marcando presença no setor ofensivo. Logo nos primeiros instantes, ficou evidenciada a maior posse de bola do time da casa, que tampouco sofreu sustos da equipe serranista. Após perceber a a forte marcação alvianil, os visitantes buscaram alternativas. Porém, não impediram a ocorrência de oportunidades no revés.
Livre de marcação, Jairo Paraíba se tornou o jogador mais agudo da partida e criou as principais oportunidades da etapa inicial. Contudo, faltou capricho na hora da finalização. Na primeira chance, o centroavante mandou pela linha de fundo. No lance seguinte, Jairo acabou esbarrando na trave de Gustavo. Senhor do jogo, o Goyta dominou o adversário, mas não levou sorte no último terço do campo.
Goytacaz é novamente superior, encontra o caminho do gol e vence no Aryzão
Em apuros, o técnico Alex Arruda buscou soluções no banco de reservas: na volta do intervalo, Leo surgiu na equipe serranista. Porém, a alteração não deu resultado e, para piorar, o time do Norte Fluminense confirmou sua supremacia aos cinco minutos. Peterson soltou a bomba da intermediária, inapelável para o goleiro: 1 a 0. Após o tento inaugural, o Alvianil foi novamente eficaz no setor ofensivo.

Aos 15 minutos, Joelzinho aproveitou o rebote de Gustavo após a falta e completou para o gol, fazendo o 2 a 0. Abatido aos poucos, o Serrano até esboçou reação. Mas nada que fosse suficiente para devolver ao Goytacaz a mesma moeda. Firme defensivamente e eficiente no ataque, a equipe da Rua do Gás ainda teve um pênalti desperdiçado por Vinícius Paquetá. Porém, nada que fosse suficiente para o escape do triunfo. Fonte: FutRio

Campartilhe.

Comentários desativados.