Grupo de Emergência em Alagamentos continua com intervenções em Campos dos Goytacazes, no RJ

0

Situação é mais crítica no Imbé com o rompimento de um trecho da RJ-190

Equipe do Grupo de Emergências em Alagamentos segue, nesta quinta-feira (21/11), e continua pelos próximos dias envolvida nas ações iniciadas há quase duas semanas. Após atuação no feriado desta quarta (20), nos pontos críticos como Jardim Aeroporto, Santa Rosa, Eldorado, Parque Julião Nogueira e pontos da região Central, desobstruindo bueiros e bombeando água, o quatro na área urbana está mais tranquilo.

“Todas estas áreas onde atuamos na quarta estão agora secas, mas seguimos com o trabalho de rotina, limpando bueiros e galerias, e também atendendo a chamadas. Seguimos em alerta constante”explica o superintendente de Limpeza Pública, Carlos Augusto Siqueira.

Outra ação que segue intensa é o trabalho de desobstrução dos trechos urbanos dos canais que dão vazão às águas de chuva, informa o secretário de Desenvolvimento Ambiental, Leonardo Barreto. “Além da dragagem que já vínhamos fazendo no Valão do Rio Branco, estamos agora atuando também nos canais do Coqueiro, Cacomanga e Campos/Macaé. E a partir desta sexta (22) iniciamos a limpeza também no Canal do Saco”, esclarece o secretário.

As atenções agora se concentram na área do Imbé, onde tem chovido intensamente e a situação é mais crítica, com o rompimento de um trecho da RJ-190, estrada de acesso por Itereré à localidade de Rio Preto, no distrito de Morangaba. Através de uma vistoria da coordenadoria de Defesa Civil na manhã desta quinta-feira (21), na localidade de Rio Preto, foi identificado rompimento de cerca de 25 metros da RJ -190, uma das estradas de acesso à localidade. O fato ocorreu devido à pressão da águas das chuvas que elevaram o nível do rio, ocasionando o rompimento da estrada. A orientação da Defesa Civil é o acesso a Rio Preto através da estrada de Santa Cruz.

O órgão encaminhará um laudo ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) para que medidas sejam providenciadas. Em conjunto com a secretaria de Desenvolvimento Humano, a Defesa Civil realiza vistoria na região nesta quinta para levantamento de possíveis necessidades de famílias no local. Fonte: Supcom

Campartilhe.

Comentários desativados.