IFF abre cadastro para estudantes receberem chip de internet para estudo remoto

0

Material será fornecido pelo Ministério da Educação para que os estudantes tenham acesso às atividades acadêmicas durante pandemia.

Estudantes do Instituto Federal Fluminense (IFF) tem até o dia 11 de setembro para fazer seu cadastro para receber chip de acesso à internet, com 20GB mensais, por meio do projeto Alunos Conectados do Ministério da Educação e da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (MEC/RNP). Os interessados devem preencher o formulário disponível no endereço (questionarios.iff.edu.br), informando o seu CPF no espaço intitulado Token.

Para participar, o estudante tem que estar matriculado em um dos cursos presenciais do Instituto – nível técnico, graduação, pós-graduação e FIC ofertados por itinerários formativos – e ter renda familiar per capta de até 1,5 salários mínimos, embora que serão atendidos prioritariamente os estudantes que tenham até 0,5 salários mínimos. Todas as orientações estão no edital 86, que pode ser acessado no Portal de Seleções do IFF.

Quando o estudante for retirar o chip no IFF, deverá levar o documento de autodeclaração de renda per capita familiar que poderá ser escrita a próprio punho e assinada pelo aluno maior de 18 anos, ou pelo responsável legal no caso dos menores de idade.

A chamada está sendo coordenada pela Diretoria de Políticas Estudantis, Culturais e Esportivas (Dipece) do IFF. O diretor, Maurício Guimarães Vicente, explica que com o chip os estudantes poderão desenvolver suas atividades acadêmicas remotas.

“Essa chamada pública é para alcançar aqueles estudantes que não têm acesso à internet e que receberão um chip com 20GB para desenvolver suas atividades. Não será a única iniciativa do Instituto, estamos tentando outros caminhos para que todos possam acessar a rede e assim participar das atividades remotas”, ressalta, acrescentando que o quantitativo de chips ainda será informado pelo MEC, e que o esforço é para que todos os cadastrados sejam atendidos.

A listagem dos estudantes contemplados será divulgada no primeiro dia útil após o final das inscrições, e a data prevista para a distribuição dos chips é entre 15 a 20 dias após o resultado.

Alunos Conectados: A RNP está apoiando o Ministério da Educação (MEC) na contratação de operadoras de serviço móvel pessoal para disponibilizar internet a estudantes de baixa renda matriculados em universidades federais e nas instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

O objetivo é possibilitar ao aluno desenvolver suas atividades acadêmicas remotas, fora do campus de sua instituição de ensino, de forma emergencial, em adaptação e inclusão, no contexto da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Deverão ser atendidos cerca de 906 mil estudantes em todo o Brasil, em situação de vulnerabilidade socioeconômica, e as operadoras que ganharam a concorrência foram Oi e Claro.

*Ascom

Campartilhe.

Comentários desativados.