Internet de graça em praça pública. Projeto de Hudson Fernandes traz inclusão digital para Itaperuna, RJ.

0

Iniciativa e projeto elaborado em Itaperuna, no interior do RJ, tem autoria do jovem empresário Hudson Fernandes e beneficia população sem custos de acesso para o usúario nas praças públicas.

Em Itaperuna, no Noreste Fluminense, o acesso a internet se tornou realidade não apenas para uma classe social privilegiada. Através de um projeto idealizado pelo jovem empresário Hudson Fernandes a partir de julho deste ano (2017) praças públicas do maior município do interior do RJ passaram a permitir de forma gratuita o acesso a informatização e benefícios proporcionados pelos bom uso de avanços tecnológicos. A iniciativa tende a se expandir para escolas do município em uma nova fase futura como planeja Hudson.

Observando a rápida propagação nacional da internet com cada ponto positivo que possibilita uma ferramenta ágil, avançada, porém usada ainda em apenas algumas residências e empresas Hudson decidiu elaborar o projeto ‘Inclusão digital gratuita nas praças’.

A iniciativa posta em prática ampliou o acesso da população a diversos segmentos tanto no ramo profissional, educacional quanto entretenimento, cultura, esporte e enfim, em todo o processo de informatização da população.

O empresário Hudson Fernandes trouxe para Itaperuna a oportunidade de novos alcances que envolvem a tecnologia e irão contribuir com o desenvolvimento de aprendizados, enriquecimento e a conquista de novos conhecimentos para o usuário, além de outros vastos proveitos que serão também percebidos a médio e longo prazo como pontua o professor de informática Marcelo Ribeiro, 43 anos. ‘Pode não parecer mais isso vai favorecer não apenas agora. Isso vai refletir em alguns anos com o despertar das pessoas para a impôrtancia do uso do setor digital para todos os tipos de relações humanas e inclusive estudantil e área financeira’, destaca o professor.

A praça Getúlio Vargas, no Centro da cidade, foi a primeira a obter esse acesso sem restrição de tempo ou qualquer obstáculo como comenta o estudante de serviço social João Victor Nascimento Fonseca, 19 anos.

‘Não tenho internet em casa porque moro com minha mãe e dois irmãos menores então fica difícil pagar. Mas agora posso até mesmo investir em meus estudos vindo aqui na praça, trocando informações de trabalho ou estágio o que vai ajudar até na renda da minha família. Acompanho o empenho de Hudson por vê-lo sempre envolvido em melhorias pela nossa cidade mesmo ele não sendo político. É uma pessoa que faz mais do que a sua parte como morador daqui porque ele faz por vontade própria de realmente ver Itaperuna crescer em tudo. Se nossos políticos tivessem um pouquinho não só das ideias dele, mas das iniciativas também com certeza Itaperuna seria referência regional e proporcionaria uma melhor qualidade de vida total para quem mora aqui. Posso profetizar que o futuro de Hudson tem que ser a frente da Câmara ou até mesmo do executivo de nosso município. Ele é um líder nato e sem interesse pessoal de cunho político. Esse guerreiro merece o dobro do que faz com suas iniciativas pela população itaperunense’, enfatiza o estudante que mora no bairro Frigorífico.

O projeto foi idealizado e criado por Hudson Fernandes que não mediu esforços até colocá-lo em prática e possibilitar que a inclusão digital chegasse de maneira ampla a maior cidade do Noroeste Fluminense.

*Pir Redação Destaques LRB com fotos reprodução internet.

Hudson Fernandes é idealizador do projeto ‘Inclusão digital nas praças’.
Campartilhe.

Comentários desativados.