MP recomenda que prefeitos da região sigam decreto estadual e mantenham o comércio fechado; o de Natividade, RJ, deve se reunir com promotora

0

O posicionamento do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que anunciou, na noite desta sexta-feira, que estenderá o decreto de isolamento do Estado do Rio por mais 15 dias, a partir desta segunda-feira (30), poderá também impactar na decisão de prefeitos, principalmente da região.

Muitos deles, pressionados pela classe empresarial, que amarga grande prejuízo com o fechamento que lhes foi imposto, chegaram a sinalizar com a possibilidade de afrouxar as regras de restrição ao funcionamento do comércio. Em Natividade, por exemplo, onde o prefeito Severiano Rezende permitiu que lojas abrissem uma das portas apenas para o “recebimento de contas e carnês”. A validade do documento se inspira a meia-noite desta terça-feira (31) e uma reunião deve aconteceu para definir os rumos das ações de combate ao covid-19.

No entanto, nesta sexta-feira (27), os chefes de executivos de algumas cidades, entre as quais Natividade, receberam notificação do Ministério Público, na qual os promotores da Tutela Coletiva de Itaperuna, recomendam que prefeitos se atentem aos decretos estaduais e a partir deles, estabeleçam as regras em seus respectivos municípios. De acordo com Severiano, um encontro com a presença de seis prefeitos – que fazem parte da área da tutela – com a promotora Raquel Romaninho, deve acontecer nesta segunda-feira (30), para se discutir o assunto.

Da redação da Rádio Natividade

Campartilhe.

Comentários desativados.