Mulher que tentou vender filho foi autuada por prática de falsidade ideológica tentada

0

Flagrante foi realizado por policiais de três delegacias

A mulher que tentou vender o próprio filho, uma criança de quatro meses foi atuada flagrante delito pela prática de falsidade ideológica tentada. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Polícia Civil.

Policiais da 141ª Delegacia de Polícia de São Fidélis, em conjunto com agentes da 146 ª DP  de  Guarus em Campos dos Goytacazes, e da 53ª DP  de Mesquista, prenderam a  mulher. Segundo a Polícia, ela é suspeita de tentar vender seu próprio filho  para um casal, na Baixada Fluminense.

Com base na informação de que teria havido a venda de uma criança pela mãe biológica, os agentes deram início às investigações e identificaram duas pessoas, sendo uma delas a intermediária e a suposta compradora da criança. A autoridade policial representou por medidas cautelares com base no inquérito policial instaurado para apurar os fatos.

A partir das informações de que a mãe da criança estaria querendo registrar a menor em nome de outra pessoa, em companhia da intermediária e do companheiro da compradora, os agentes detiveram as duas mulheres.

Os policiais localizaram a criança no município de Mesquita, com a integridade física preservada e atualmente encontra-se sob os cuidados do Conselho Tutelar. A mãe biológica foi autuada em flagrante delito pela prática de falsidade ideológica tentada.

A intermediária figura como envolvida, mas responderá no inquérito pela suposta venda.

As investigações prosseguem quanto ao casal pela prática do artigo 242 do Código Penal, bem como o inquérito inicialmente instaurado. Fonte: Ascom

Campartilhe.

Comentários desativados.