Polícia Civil prende suspeitos da morte de Carlão Ritter uma semana após o crime

0

Delegado Bruno Cleuder, da 134ª DP, vai dar detalhes da investigação em coletiva nesta quinta-feira.

A Polícia Civil prendeu os suspeitos do assassinato do pré-candidato à eleição municipal de Campos dos Goytacazes, em 2020, Carlos Ritter, o Carlão de Nova Brasília. Ele foi assassinado a tiros, quinta-feira passada (28), em casa, no Parque Nova Brasília. O delegado Bruno Cleuder vai dar detalhes da investigação que resultou em prisões, às 17h desta quinta-feira (4), quando completa uma semana do assassinato.

Carlos Ritter, chegou a ser socorrido por populares para o Hospital Ferreira Machado, mas não resistiu. Ele foi candidato a vereador pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC) nas eleições municipais de 2016, quando recebeu 983 votos e não chegou a ser eleito.

No dia 4 de abril, ele fez uma postagem nas redes sociais ao lado do deputado federal Wladimir Garotinho, do Partido Social Democrático (PSD), na qual que afirmou que seria novamente candidato a vereador pela legenda.

Carlão Ritter era um dos cabos eleitorais do grupo político comandado por Garotinho em Campos.

Carlos Ritter, o Carlão de Nova Brasília (Foto: divulgação)

Enterro de Carlão (Foto: Carlos Grevi)

Fonte: Terceira Via

Campartilhe.

Comentários desativados.