Polícia descobre que sequestro de criança em Italva, RJ, não existiu e que mulher inventou o caso para se vingar do companheiro

0

O suposto sequestro de um bebê em Italva, que teria acontecido na noite desta última segunda-feira (13), na área central da cidade e que mobilizou grande aparato policial e causou repercussão junto da opinião pública, não passou de uma grande farsa. Foi o que concluiu a polícia.

Após contradições, descobriu-se, que na verdade, A.F.S., de 19 anos, que havia acusado o companheiro de 34, de tê-la agredido, arrancando a filha de um ano – que na verdade sequer existe – dos braços e fugido possivelmente em direção à Natividade, teria mentido.

Confrontada, a jovem, por fim, acabou admitido que inventou toda a história, para se vingar do marido, de quem estaria com raiva. Com isso, de vítima, ela passou a ser acusada de falsa comunicação de crime, delito pelo qual foi autuada na 148ª DP e responderá em liberdade. Fonte: Rádio Natividade FM

Campartilhe.

Comentários desativados.