Prefeitura de São João da Barra, no RJ, em estado de atenção

0

Choveu 101 milímetros em apenas um dia e meio; equipes da Defesa Civil atuam no escoamento da água em pontos críticos.

Da noite de quinta-feira, 23, até a manhã de sábado, 25, choveu 101 milímetros em São João da Barra, quantidade prevista para três meses. Mais da metade, 60 milímetros, em apenas três horas: das 18h às 21h de sexta-feira, 24.

O volume atípico causou alagamentos em vários pontos do município. Os mais críticos foram na sede (Praça São Benedito, Praça da Boa Morte e Rua João Francisco de Almeida) e no Pontal de Atafona. Também houve contenção da água próximo ao Ciep e na Chatuba, na sede, e no bairro da Coréia, em Atafona. 

A Defesa Civil Municipal, que já vinha trabalhando em estado de atenção, está atuando 24 horas por dia para ajudar no escoamento da água da chuva. A previsão para os próximos dias é de chuva mais fraca. O nível do Rio Paraíba do Sul também está sendo monitorado.

Como a chuva foi mais fraca durante a noite — 10 milímetros das 21h de sexta às 6h da manhã deste sábado — a situação já está mais sob controle. Ainda assim, uma equipe da Defesa Civil voltou ao Pontal de Atafona para ajudar as famílias das casas atingidas.

Na sede, os três pontos mais críticos contam com bombas subterrâneas de sucção, as chamadas bombas sapo, que são acionadas automaticamente quando há alagamentos. Nos outros locais foram usadas bombas móveis para o escoamento. As equipes da Prefeitura também ajudaram a escoar a água da chuva que invadiu o quintal de algumas casas.

— Estamos de plantão 24 horas por dia, trabalhando de forma integrada com a Defesa Civil Estadual e o núcleo regional, trocando informações, definindo ações prioritárias. Toda a região permanece em estado de atenção, mas a previsão é que as chuvas cheguem mais fracas a partir de agora — informou o coordenador municipal de Defesa Civil, Wellington Barreto.

O trabalho de escoamento nas últimas horas também contou com o reforço de caminhões limpa fossa, no trabalho conjunto com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

— Todo o governo está atuando em conjunto. Temos o trabalho da Secretaria de Meio Ambiente e também da Secretaria de Obras e Serviços, além dos órgãos ligados à Segurança, como a própria Defesa Civil, à frente das ações, e a Guarda Civil Municipal — explicou o secretário municipal de Segurança Pública, Anderson Campinho, ressaltando o trabalho preventivo feito ao longo do ano, de limpeza de bueiros e ralos.

A Defesa Civil Municipal está de plantão 24 horas e mantém dois números de telefone para que a população possa comunicar quaisquer problemas: 199 e 2741-8370.

Nível do Paraíba – A chuva forte dos últimos dias na Zona da Mata mineira está trazendo água para o Rio Paraíba do Sul através dos afluentes e o nível já começou a subir em São João da Barra. A medição está sendo feita de duas em duas horas. No final da manhã deste sábado estava em 5,3 metros, um metro acima do normal, mas ainda longe do nível de transbordo, que é de 8 metros no cais da Praça de São João Batista. Fonte: Ascom SJB

Campartilhe.

Comentários desativados.