Quatro homens surpreendidos com duas armas de fogo e munições, no bairro Cehab, em Itaperuna, no RJ. Operação policial da P2 impediu uma possível tentativa de conflito entre facções criminosas.

0

Quatro homens foram detidos e dois revólveres calibre 32 com todas as munições intactas foram apreendidos pela PM, no último domingo, 12, no bairro Cehab, em Itaperuna, no noroeste fluminense.


Segundo a polícia, militares do 29° BPM (Itaperuna, RJ) do serviço reservado (P2) que atuam na equipe Charlie foram a Cehab verificar informações que indicavam a existência de 4 homens armados que seriam proprietários de pontos de tráfico de drogas em uma parte do bairro e estariam reunidos na residência de um dos líderes da suposta quadrilha porque haveria uma tentativa de conflito entre facções criminosas rivais.

Os quatro suspeitos fariam parte de uma mesma facção criminosa.


A operação de inteligência contou com o reforço dos setores Bravo II e Charlie e surpreendeu os homens sem permitir nenhuma reação deles. As armas e munições apreendidas estavam entre dois colchões em uma cama no quarto do morador da casa que assumiu a propriedade dos revólveres.


Todos envolvidos foram levados para a 143 DP de Itaperuna que funciona aos fins de semana como central de flagrantes na área de abrangência do 29° BPM onde o material apreendido foi entregue e caso foi registrado.


O proprietário da residência, um rapaz de 31 anos foi autuado por posse ilegal de arma de fogo, pagou a fiança arbitrada em R$ 3.120 e foi liberado.


O 29° BPM (Itaperuna, RJ) é comandado pelo tenente coronel PM Jorge Damião tendo a unidade o Major PM Luz como subcomandante. A tropa é considerada ‘de elite’ por especialistas e se destaca pela integração e intensa atuação em prol do bem estar social e da manutenção da ordem pública.


Demolidores do tráfico e homens de ferro – é comum se associar os agentes de segurança pública com os tradicionais heróis da ficção presentes nas histórias em quadrinhos. No entanto, os intitulados ‘Guardiões do noroeste’, nome dado devido a localização geográfica do batalhão no estado do RJ, são guerreiros da vida real que vão além da missão de ‘servir e proteger’ porque fazem parte das positivas estatísticas de combate ao crime que possibilitam qualidade de vida aos moradores nas cidades da Região. Fato confirmado por comentários em diversas redes sociais e também repercurtido em conversas de whatsapp como as destacadas abaixo que foram registradas pela equipe de jornalismo do site Destaques LRB.

*Da Redação Destaques LRB

Campartilhe.

Comentários desativados.