Rios Pomba e Paraíba do Sul baixam lentamente na região e previsão é de chuva isolada

0

Quatro mil pessoas ficaram desalojadas em cinco municípios.

O nível do rios Paraíba do Sul e Pomba estão baixando lentamente neste domingo (15) na região e não há previsão de chuva volumosa para os próximos dias.

A cidade de Santo Antônio de Pádua e os distritos de Paraoquena e Baltazar, Aperibé e o distrito de Funil, em Cambuci, continuam inundados.

Em Campos dos Goytacazes, o Rio Paraíba do Sul está baixando lentamente de 9,86 cm registrados no sábado, na manhã deste domingo o Rio está na cota de 9,80 cm. O transbordo é de 10,40 cm. Há 8 anos o Paraíba não havia atingido esse nível.

Em Pádua, o Pomba baixou mais de 30 centímetros até a última medição de sábado, mas ainda está cerca de 90 centímetros acima da cota de transbordo. A cidade está há três dias parcialmente submersa e decretou estado de emergência, com 3,5 mil pessoas desalojadas.

Também segue crítica a situação em Aperibé e no distrito de Funil, no município vizinho de Cambuci, onde a localidade de Frecheiras é a mais afetada. O acesso é só por barco e dezenas de famílias estão fora de casa. Nos dois municípios, 367 pessoas ficaram desalojadas.

Em Itaocara, 20 pessoas ficaram desalojadas por conta das chuvas, sendo 15 em Portela, devido à cheia do Paraíba do Sul. O nível do rio na Sede recuou de 4,84 na noite de quinta-feira (13) para 4,28 na tarde deste sábado (15). A cota de transbordo é de 5,0 metros. No 3º distrito, o rio começa a alagar as ruas mais baixas com 4,8 metros, sendo que permanecia e 4,92 metros às 16h.

Os córregos e ribeirões que transbordaram ou ameaçaram transbordar na região também voltaram à normalidade. No entanto, a Secretaria de Estado de Defesa Civil mantém a região em alerta devido ao alto risco de deslizamento.

Previsão de chuva

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) prevê menos chuva para os próximos dias. O acumulado em uma semana previsto para Itaocara é de apenas 12 milímetros, considerado baixo para fevereiro. No entanto, pancadas isoladas e fortes ainda poderão ocorrer. A chance de chuva é maior no carnaval, mas não tão volumosa como a registrada nesta semana. Fonte: Ururau/Folha Itaocarense

Campartilhe.

Comentários desativados.